FILOSOFIA e CINEMA discute TORTURA e DITADURA no âmbito do ENGAJAMENTO POLÍTICO-RELIGIOSO

Batismo de sangue 1

Neste sábado, dia 3, no encerramento de sua I ETAPA: CULTURA DE PAZ I – “SOCIEDADE, RELIGIOSIDADE, TOLERÂNCIA”, o Curso FILOSOFIA e CINEMA discutirá o ENGAJAMENTO POLÍTICO de RELIGIOSOS e sua opção preferencial pelos POBRES e pela JUSTIÇA SOCIAL e a repressão do Estado Totalitário em suas formas desumanas de TORTURA e ASSASSINATO, através do filme BATISMO DE SANGUE, do diretor Helvécio Ratton, Brasil, 2006.

Frei Betto 1

BATISMO DE SANGUE é inspirado no livro de Frei Betto (Carlos Alberto Libâneo Christo), religioso dominicano, escritor, que conta o engajamento de religiosos dominicanos na luta armada contra a ditadura militar, em apoio a Carlos Marighella, nos anos 1970. Os religiosos, além de Frei Betto, eram Frei Fernando de Brito, Frei Ivo Lesbaupin, Frei Tito de Alencar Lima. Este último, exilado na França, veio a cometer suicídio em virtude de traumas insuportáveis do processo de tortura que sofreu.

Batismo de sangue 9

Na mesa de debates, teremos o Prof. ADILAR DALTOÉ, professor do Curso de Direito da UnirG, conhecedor do assunto, ele mesmo envolvido com esta militância da Igreja Católica em favor da Justiça Social.

Estendemos o convite a todos.

Batismo de sangue (Frei Betto)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *